domingo, 1 de fevereiro de 2009

Suspeitas.



Não tem explicação.
Olho seus olhos e sondo sua mente.
Você demora e eu fico agitada.
E quando você chega, eu me esqueço de perguntar o principal.
O que sinto é maior e as suspeitas me devoram.

Sua voz, seu cheiro esta sobre minha pele e eu só preciso disso.
Preciso sentir-me completa novamente.
E suas mãos, seus olhos podem tanto...
Faço perguntas certas nas horas errados e calo nas horas certas.
São elas, as suspeitas.
Devorando meu amor por você, me fazendo criar monstros.

- Não estrague tudo.
Você me pede manso e me beija.
- É um jogo?
Não me faça perder o juízo,apenas diga o que sente.
Para onde vai quando tudo parece mudar.
Eu me sinto estranha quando não estamos juntos.
Tudo perde o sentido e as suspeitas me engolem.
Não diga sim, se quer dizer não.
Se eu partir não vou voltar.

O mundo está girando, o sol se põem e você não ligou.
O telefone está desligado e eu penso mil coisas.
O mundo esta girando...
- Você fez de propósito que me enlouquecer.
- Sinto muito.
- Quer me mostrar quer sou sua?
Meu coração sangra e eu só queria ouvir.
- Eu te amo.

Você chega e reclama das ligações.
Ocupado demais para me atender.
- Por que você não atendeu?
- Eu não tive tempo.
Tudo é tão perto e longe.
- Não estrague tudo.
Você diz e eu engulo mais um sapo.
- Estou longe, você também.
E quando você me beija eu quero que diga baixinho.
-Eu te amo.
Está aqui dentro de meu coração as suspeitas...

3 comentários:

Nenezio disse...

Oi,obrigado pelo comentário em meu blog,apesar de eu ter gostado da lista dos filmes,ainda acho que faltou alguns melhores,gostei do seu blog,das suas poesias,muito legais,parabéns,beijos.

Nazarethe Fonseca disse...

Eu é que agradeço a visita.Filmes de terror existem muitos,os bons é que são poucos.riss.

Jonathan disse...

Un saludo del Perú, espero que me entiendas, es un largo proceso, el mundo de las letras, dependiendo de las corrientes y las habilidades con la que uno inicia el largo y zigzagueante sendero de esta, solo una cosa, Latinoamérica, unido por sola causa, LA HERMANDAD

Jonathan Endara
Escritor