terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

O Nosso Tempo.



Por
Nazarethe Fonseca
Todos os direitos reservados à autora®


O nosso tempo está se perdendo,
O relógio está contra nós.
Fecho os meus olhos e te tenho ao meu lado,
Posso segurar sua mão,
Beijar seu rosto por mil vidas.

Eu quero tão pouco... Um sorriso, um beijo,
O toque de suas mãos sobre as minhas.
E ele continua me roubando você.
E nada dura para sempre.
Tudo se perde.
Muitos caminhos eu já percorri, mas nenhum deles
Conduziu-me a você, que vive dentro minhas memórias.
E quando fecho meus olhos sinto seus lábios sobre os meus.

Em meus sonhos estamos enlaçados,
E nada parece se perder.
Uma velha canção, uma historia de amor, dois corações, uma só vida.
Somente o agora, o presente, o futuro é mistério.
Nosso tempo está se perdendo,
Nada dura para sempre.
Tenho medo de ficar, e de partir.
Ensina-me a escolher... Eu preciso ser corajosa para não te perder.

Fecho os meus olhos e te tenho ao meu lado,
Posso segurar sua mão,
Beijar seu rosto por mil vidas.
Mas o nosso tempo está se perdendo,
O nosso tempo é agora.

3 comentários:

~PakKaramu~ disse...

Happy new year 2010 to you

Vampira Dea disse...

O tempo é sábio mas é invejoso porque não sabe amar.

Lord Daniel Salem, Príncipe da deusa Nyx disse...

muito lindo este poema Nazarethe^^
Adorei!
Estou seguindo este outro blog teu também.
bjs